terça-feira, 6 de novembro de 2018

CRC 02/2018 – Questão nº25 da Prova Branca (nº26 da Prova Verde, nº25 da Prova Amarela e nº26 da Prova Azul) – Contabilidade Gerencial

As seguintes informações são referentes a uma indústria que produz apenas um produto; analise-as.

  • Preço de venda do produto: R$ 250,00/unidade.
  • Custos e despesas variáveis: R$ 150,00/unidade.
  • Custos e despesas fixos: R$ 12.000/mês.
  • Amortização do principal (empréstimos): R$ 2.000/mês.
  • Remuneração do capital próprio: R$ 3.000/mês.
  • A indústria compra e vende somente à vista.


Com base apenas nas informações disponíveis e desconsiderando depreciação e tributos, assinale a alternativa correta que indica, respectivamente, as quantidades mínimas do produto (em unidades) que deveriam ser vendidas mensalmente suficientes para: 1) a indústria atingir o ponto de equilíbrio contábil; 2) a indústria remunerar o capital próprio; e 3) a indústria amortizar o principal de suas dívidas e remunerar o capital próprio.

A) 48, 52 e 60.
B) 48, 60 e 68.
C) 120, 150 e 170.
D) 120, 150 e 270.


Resolução em texto elaborada pela Profª Yasmin:

1º) O que a questão pede?

Essa questão pede vários pontos de equilíbrio... hehehe..
Pede as quantidades mínimas do produto (em unidades) que deveriam ser vendidas mensalmente suficientes para:
1) a indústria atingir o ponto de equilíbrio contábil; [exatamente o ponto de equilíbrio contábil]
2) a indústria remunerar o capital próprio; e [ou seja, o ponto de equilíbrio econômico]
3) a indústria amortizar o principal de suas dívidas e remunerar o capital próprio. [ou seja, outro ponto de equilíbrio econômico]

2º) Qual estratégia vamos usar para resolver?

Bom, da mesma forma como vimos na questão 21 da prova branca, para calcular qualquer um dos pontos de equilíbrio, primeiramente precisamos saber a “Margem de Contribuição Unitária” (MC unitária), que é a calculada assim:

MC unitária = Preço de Venda – Custos e Despesas Variáveis
MC unitária = R$ 250,00 – R$ 150,00
MC unitária = R$ 100,00

Vamos agora calcular cada uma das exigências da questão:

1) a indústria atingir o ponto de equilíbrio contábil:

Para o Ponto de Equilíbrio Contábil, a fórmula é:

PEC = Custos e Despesas Fixos
                   MC unitária

PEC = 12.000,00
            100,00
PEC = 120 unidades

Com isso, conseguimos já eliminar as alternativas da letra “A” e “B”, pois o Ponto de Equilíbrio Contábil é de 120 unidades.

2) a indústria remunerar o capital próprio:
Agora, basta acrescentarmos a remuneração do capital próprio na fórmula do Ponto de Equilíbrio Econômico, que é:

PEE = Custos e Despesas Fixos + Lucro Total Desejado
                              MC unitária

PEE =  12.000,00 + 3.000,00
                     100,00
PEE = 15.000,00 / 100,00
PEE = 150 unidades

3) a indústria amortizar o principal de suas dívidas e remunerar o capital próprio:

Agora, basta acrescentarmos a amortização da dívida na fórmula do Ponto de Equilíbrio Econômico anterior, que será:

PEE = Custos e Despesas Fixos + Lucro + Amortização da Dívida
                              MC unitária

PEE =  12.000,00 + 3.000,00 + 2.000,00
                     100,00
PEE = 17.000,00 / 100,00
PEE = 170 unidades

Com isso, as quantidades a serem produzidas mensalmente são:
120, 150 e 170.

Gabarito: “C”

Acesse outras questões resolvidas no link abaixo:

Participe do nosso grupo no Facebook!
Se inscreva no nosso canal no Youtube!
Compartilhe com os amigos!

Deus abençoe!
Grande abraço!
Bons estudos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário