sexta-feira, 30 de novembro de 2018

CRC 02/2018 – Questão nº39 da Prova Branca (nº37 da Prova Verde, nº40 da Prova Amarela e nº38 da Prova Azul) – Legislação e Ética Profissional

Determinado escritório de contabilidade publicou anúncio em jornal de grande circulação local com os dizeres “seja nosso cliente e não pague imposto de renda”. Com base no código de conduta do profissional contabilista, a oferta de serviços de forma promocional caracteriza, em regra:

A) Retenção abusiva.
B) Concorrência desleal.
C) Apropriação indébita.
D) Aviltamento de honorários.


Resolução em texto elaborada pela Profª Yasmin:

1º) O que a questão pede?

Que julguemos o anúncio do escritório de contabilidade e depois assinalemos a alternativa que corresponda de acordo com o código de conduta do profissional contabilista.

2º) Qual estratégia vamos usar para resolver?

Bom, de acordo com o Código de Ética do Profissional do Contabilista é proibido:

[...] concorrer para a realização de ato contrário à legislação ou destinado a fraudá-la ou praticar, no exercício da profissão, ato definido como crime ou contravenção.

... e também...

[...] É vedado ao Profissional da Contabilidade oferecer ou disputar serviços profissionais mediante aviltamento de honorários ou em concorrência desleal.

Pelo que percebemos no teor no anúncio, o escritório de contabilidade quer captar novos clientes alegando que não pagará “imposto de renda”, com isso ele poderá estar “realizando ato contrário à legislação ou destinado a fraudá-la”, e com isso, gera-se um “concorrência desleal” pois nenhum outro escritório de contabilidade (em sã consciência) ofereceria isso aos seus clientes.

Sendo assim, trata-se de uma concorrência desleal.

Gabarito: “B”

Baixe aqui o Código de Ética do Profissional do Contabilista:

Acesse outras questões resolvidas no link abaixo:

Participe do nosso grupo no Facebook!
Se inscreva no nosso canal no Youtube!
Compartilhe com os amigos!

Deus abençoe!
Grande abraço!
Bons estudos!

quinta-feira, 29 de novembro de 2018

CRC 02/2018 – Questão nº38 da Prova Branca (nº40 da Prova Verde, nº37 da Prova Amarela e nº39 da Prova Azul) – Legislação é Ética Profissional

Para que desenvolva com eficácia suas atividades, muitas são as virtudes que um profissional precisa ter; algumas dessas virtudes são inerentes ao seu caráter, outras podem ser conquistadas. São virtudes necessárias ao profissional contabilista:

A) Competência, desídia, confiabilidade.
B) Imparcialidade, probidade, prudência.
C) Hombridade, improbidade, humildade.
D) Honestidade, pessoalidade, competência.


Resolução em texto elaborada pelo Profº Thiago:

1º) O que a questão pede?

Para identificar a alternativa que apresente virtudes necessárias ao profissional contabilista.

2º) Qual estratégia vamos usar para resolver?

Vamos analisar as alternativas apresentadas uma a uma.

Na alternativa “A”, sabemos que competência e confiabilidade são virtudes, mas o que significa desídia?

De acordo com o dicionário Houaiss:
“substantivo feminino
1     disposição para evitar qualquer esforço físico ou moral; indolência, ociosidade, preguiça
2     falta de atenção, de zelo; desleixo, incúria, negligência”

Assim, eliminamos a primeira alternativa.

A alternativa “B” deixa claro quanto à imparcialidade e a prudência, mas o que seria probidade?

Novamente, de acordo com o Houaiss:
“substantivo feminino
qualidade do que é probo; integridade, honestidade, retidão”

Portanto, podemos concluir que os três itens apresentados são virtudes.

A alternativa “C” pode ser descartada pois apresenta como virtude a improbidade, mas como acabamos de verificar que a virtude é a probidade, logo a improbidade é o inverso, tornando a alternativa falsa.

A alternativa “D” também pode ser descartada pois apresenta a pessoalidade como virtude e esta seria o oposto da imparcialidade.

Portanto, a única alternativa que apresenta virtudes é a “B”

Gabarito: “B”

Acesse outras questões resolvidas no link abaixo:

Participe do nosso grupo no Facebook!
Se inscreva no nosso canal no Youtube!
Compartilhe com os amigos!

Deus abençoe!
Grande abraço!
Bons estudos!

quarta-feira, 28 de novembro de 2018

CRC 02/2018 – Questão nº37 da Prova Branca (nº39 da Prova Verde, nº38 da Prova Amarela e nº40 da Prova Azul) – Legislação e Ética Profissional

Analise as afirmativas a seguir.

I. A simples existência da moral já significa uma presença da ética, já que os dois termos são sinônimos e representam a ciência que estuda e problematiza os valores e costumes da sociedade.
II. No caso da ética, todos os meios são justificáveis, não só aqueles que estão de acordo com os fins da própria ação. Em outras palavras, fins éticos não exigem meios éticos.
III. A ética profissional representa um conjunto de normas e valores morais que direcionam a conduta dos integrantes de determinada profissão e distingue-se do conceito de ética pessoal.

No que tange aos conceitos de ética geral pessoal e profissional, ética e moral, sociedade e ética, contabilidade na sociedade, está correto o que se afirma apenas em:

A) I.
B) III.
C) I e II.
D) II e III.


Resolução em texto elaborada pela Profª Yasmin:

1º) O que a questão pede?

Que julguemos os itens, de acordo com o conceito de ética e mora, e depois assinalemos a alternativa correta.

2º) Qual estratégia vamos usar para resolver?

Bom, essa questão nem precisa ter tanta noção teórica para acertá-la, pois com um pouco de “bom senso” conseguimos analisar e julgar.

Mas, primeiramente, vamos ver apenas a distinção entre “ética” e “moral” de acordo com o dicionário Michaelis:

Ética: [...] Conjunto de princípios, valores e normas morais e de conduta de um indivíduo ou de grupo social ou de uma sociedade [...]

Moral: [...] Relativo às regras de conduta e aos costumes estabelecidos e admitidos em determinada sociedade; Que é conforme e procede conforme os princípios da ética e da moralidade aceitos socialmente; Que procede de maneira honesta ou correta; moralidade. [...]

Com isso em mente, vamos julgar os itens:

Item “I” : A simples existência da moral já significa uma presença da ética, já que os dois termos são sinônimos e representam a ciência que estuda e problematiza os valores e costumes da sociedade.
Análise: Está errada, pois ética e moral não são sinônimos, como bem vimos na definição acima.

Item “II”: No caso da ética, todos os meios são justificáveis, não só aqueles que estão de acordo com os fins da própria ação. Em outras palavras, fins éticos não exigem meios éticos.
Análise: Está errada, pois “o fim não justificam os meios” como já bem diz o velho ditado popular.

Item “III”: A ética profissional representa um conjunto de normas e valores morais que direcionam a conduta dos integrantes de determinada profissão e distingue-se do conceito de ética pessoal.
Análise: Está CORRETA, pois a “ética profissional” é direcionada à conduta do “profissional”, e profissões regulamentadas, assim como a nossa de contadores, possuem o famoso “código de ética profissional”.

Sendo assim, apenas o item III está correto.

Gabarito: “B”

Baixe aqui o Código de Ética do Profissional do Contabilista:

Acesse outras questões resolvidas no link abaixo:

Participe do nosso grupo no Facebook!
Se inscreva no nosso canal no Youtube!
Compartilhe com os amigos!

Deus abençoe!
Grande abraço!
Bons estudos!

terça-feira, 27 de novembro de 2018

CRC 02/2018 – Questão nº36 da Prova Branca (nº33 da Prova Verde, nº36 da Prova Amarela e nº33 da Prova Azul) – Teoria da Contabilidade

De acordo com Iudícibus, Marion e Faria (2009), no começo do século XX presenciou-se a queda da chamada Escola Europeia (mais especificamente a Italiana) e a ascensão da chamada Escola Norte-Americana no mundo contábil. Em relação às razões que resultaram na ascensão da Escola Norte-Americana, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.

( ) Ênfase ao Usuário da Informação Contábil: a Contabilidade é apresentada como algo útil para a tomada de decisões, evitando-se endeusar demasiadamente a contabilidade; atender os usuários é o grande objetivo.
( ) Ênfase à Contabilidade Aplicada: como herança dos ingleses e transparência para os investidores das sociedades anônimas (e outros usuários) nos relatórios contábeis, a auditoria é muito enfatizada.
( ) Ênfase a uma Contabilidade Teórica: principalmente à Contabilidade Gerencial. Ao contrário dos europeus, não havia uma preocupação com a teoria das contas, ou querer provar que a Contabilidade é uma ciência.
( ) Universidades em busca de qualidade: grandes quantias para as pesquisas no campo contábil, o professor em dedicação exclusiva e o aluno em período integral valorizavam o ensino nos Estados Unidos.

A sequência está correta em
A) V, F, F, V.
B) V, V, V, V.
C) F, V, V, F.
D) F, F, F, F.


Resolução em texto elaborada pelo Profº Thiago:

1º) O que a questão pede?

Para analisar as afirmativas apresentadas, julgar se são verdadeiras ou falsas e depois marcar a alternativa que apresente a sequência correta.

2º) Qual estratégia vamos usar para resolver?

De acordo com Iudícibus, Marion e Faria (2009, pg. 15):

“Algumas razões da queda da Escola Europeia (especificamente italiana):
- Excessivo culto à personalidade: grandes mestres e pensadores da contabilidade ganharam tanta notoriedade que passaram a ser vistos como “oráculos” da verdade contábil.
- Ênfase a uma contabilidade teórica: as mentes privilegiadas produziam trabalhos excessivamente teóricos, apenas pelo gosto de serem teóricos, difundindo-se ideias com pouca aplicação prática.
- Pouca importância à auditoria: principalmente na legislação italiana, o grau de confiabilidade e a importância da auditagem não eram enfatizados.
- Queda do nível das principais faculdades: principalmente as faculdades italianas, superpovoadas de alunos.”

Algumas razões da ascensão da Escola Norte-americana:
- Ênfase ao usuário da informação contábil: a contabilidade é apresentada como algo últil para a tomada de decisões, evitando-se endeusar demasiadamente a Contabilidade; atender os usuários é o grande objetivo.
- Ênfase à contabilidade aplicada: principalmente à contabilidade gerencial. Ao contário dos europeus, não havia uma preocupação com a teoria das contas, ou querer provar que a contabilidade é uma ciência.
- Bastante importância à auditoria: como herança dos ingleses e transparência para os investidores das sociedades anônimas (e outros usuários) nos relatórios contábeis, a auditoria é muito enfatizada.
- Universidades em busca de qualidade: grandes quantias para as pesquisas no campo contábil, o professor em dedicação exclusiva, o aluno em período integral valorizaram o ensino nos Estados Unidos.”

Baseado na literatura disponível e comparando com as afirmativas apresentadas no enunciado, concluímos que a sequência correta é V, F, F e V.

Gabarito: “A”

Fonte: IUDÍCIBUS, S.D; MARINON, J.C; FARIA, A.C. Introdução à Teoria da Contabilidade. Para o Nível de Graduação. 5. Ed. São Paulo: Atlas, 2009. Pg. 15.

Acesse outras questões resolvidas no link abaixo:

Participe do nosso grupo no Facebook!
Se inscreva no nosso canal no Youtube!
Compartilhe com os amigos!

Deus abençoe!
Grande abraço!
Bons estudos!

segunda-feira, 26 de novembro de 2018

CRC 02/2018 – Questão nº35 da Prova Branca (nº35 da Prova Verde, nº34 da Prova Amarela e nº35 da Prova Azul) – Teoria da Contabilidade

A NBC TG Estrutura Conceitual citada apresenta as características qualitativas fundamentais e características qualitativas de melhoria. De acordo com o exposto, NÃO representa uma característica qualitativa de melhoria:

A) Materialidade.
B) Verificabilidade.
C) Tempestividade.
D) Comparabilidade.


Resolução em texto elaborada pela Profª Yasmin:

1º) O que a questão pede?

Que assinalemos a alternativa que NÃO representa uma característica qualitativa de melhoria.

2º) Qual estratégia vamos usar para resolver?

Se trata de uma questão puramente de base teórica, onde é necessário ter o conhecimento da NBC TG Estrutura Conceitual.

As características qualitativas é um assunto bastante explorado pelas questões do exame, então, vale a pena investir um pouco mais do tempo de estudo teórico para aprender ou revisar esses tópicos.

Aqui nesta resolução farei um brevíssimo resumo, mas o link para a norma completa encontra-se logo ao final... Vamos lá! \o/

Bem, essa norma nos informa que as informações contábeis-financeiras precisam possuir “características qualitativas”. E essas “características qualitativas” são divididas em “fundamentais” e de “melhoria”.

As características qualitativas fundamentais são:
- Relevância (e materialidade)
- Representação fidedigna

E as características qualitativas de melhoria que são:
- Comparabilidade
- Verificabilidade
- Tempestividade
- Compreensibilidade

Tendo isso em mente, podemos perceber que a “materialidade” NÃO é uma característica qualitativa de melhoria, e sim, uma característica qualitativa fundamental, pois está atrelada à relevância.

Sendo assim, a alternativa que NÃO representa uma característica qualitativa de melhoria é a letra “A”.

Gabarito: “A”

Baixe aqui a NBC TG Estrutura Conceitual:

Acesse outras questões resolvidas no link abaixo:

Participe do nosso grupo no Facebook!
Se inscreva no nosso canal no Youtube!
Compartilhe com os amigos!

Deus abençoe!
Grande abraço!
Bons estudos!

sexta-feira, 23 de novembro de 2018

CRC 02/2018 – Questão nº34 da Prova Branca (nº36 da Prova Verde, nº33 da Prova Amarela e nº36 da Prova Azul) – Teoria da Contabilidade

À luz da NBC TG Estrutura Conceitual, mensuração é o processo que consiste em determinar os montantes monetários por meio dos quais os elementos das demonstrações contábeis devem ser reconhecidos e apresentados no balanço patrimonial e na demonstração do resultado. Esse processo envolve a seleção da base específica de mensuração. Ainda, segundo a norma, um número variado de bases de mensuração é empregado em diferentes graus e em variadas combinações nas demonstrações contábeis. Sobre este assunto, analise as afirmativas a seguir, marque V para as verdadeiras e F para as falsas.

( ) Custo histórico. Os ativos são mantidos pelos montantes em caixa ou equivalentes de caixa que teriam de ser pagos se esses mesmos ativos ou ativos equivalentes fossem adquiridos na data do balanço. Os passivos são reconhecidos pelos montantes em caixa ou equivalentes de caixa, não descontados, que se espera seriam necessários para liquidar a obrigação na data do balanço.
( ) Custo corrente. Os ativos são registrados pelos montantes pagos em caixa ou equivalentes de caixa ou pelo valor justo dos recursos entregues para adquiri-los na data da aquisição. Os passivos são registrados pelos montantes dos recursos recebidos em troca da obrigação ou, em algumas circunstâncias (como, por exemplo, imposto de renda), pelos montantes em caixa ou equivalentes de caixa se espera serão necessários para liquidar o passivo no curso normal das operações.
( ) Valor realizável (valor de realização ou de liquidação). Os ativos são mantidos pelos montantes em caixa ou equivalentes de caixa que poderiam ser obtidos pela sua venda em forma ordenada. Os passivos são mantidos pelos seus montantes de liquidação, isto é, pelos montantes em caixa ou equivalentes de caixa, não descontados, que se espera serão pagos para liquidar as correspondentes obrigações no curso normal das operações.
( ) Valor presente. Os ativos são mantidos pelo valor presente, descontado, dos fluxos futuros de entradas líquidas de caixa que se espera seja gerado pelo item no curso normal das operações. Os passivos são mantidos pelo valor presente, descontado, dos fluxos futuros de saídas líquidas de caixa que se espera serão necessários para liquidar o passivo no curso normal das operações.

A sequência está correta em
A) F, F, F, F.
B) F, F, V, V.
C) F, V, V, V.
D) V, V, V, V.


Resolução em texto elaborada pelo Profº Thiago:

1º) O que a questão pede?

Para analisar as afirmativas apresentadas, julgar se são verdadeiras ou falsas e depois marcar a alternativa que apresente a sequência correta.

2º) Qual estratégia vamos usar para resolver?

Os conceitos apresentados no enunciado estão definidos no capítulo 4 da NBC TG – Estrutura Conceitual.

Para responder à questão era necessário conhecer esses conceitos para identificar se foram descritos corretamente ou não.

Vou expor abaixo o texto da norma e com base neles, julgaremos as afirmativas da questão.
“4.55. Um número variado de bases de mensuração é empregado em diferentes graus e em variadas combinações nas demonstrações contábeis.
(a)      Custo histórico. Os ativos são registrados pelos montantes pagos em caixa ou equivalentes de caixa ou pelo valor justo dos recursos entregues para adquiri-los na data da aquisição. Os passivos são registrados pelos montantes dos recursos recebidos em troca da obrigação ou, em algumas circunstâncias (como, por exemplo, imposto de renda), pelos montantes em caixa ou equivalentes de caixa se espera serão necessários para liquidar o passivo no curso normal das operações.
(b)      Custo corrente. Os ativos são mantidos pelos montantes em caixa ou equivalentes de caixa que teriam de ser pagos se esses mesmos ativos ou ativos equivalentes fossem adquiridos na data do balanço. Os passivos são reconhecidos pelos montantes em caixa ou equivalentes de caixa, não descontados, que se espera seriam necessários para liquidar a obrigação na data do balanço.
(c)       Valor realizável (valor de realização ou de liquidação). Os ativos são mantidos pelos montantes em caixa ou equivalentes de caixa que poderiam ser obtidos pela sua venda em forma ordenada. Os passivos são mantidos pelos seus montantes de liquidação, isto é, pelos montantes em caixa ou equivalentes de caixa não descontados, que se espera serão pagos para liquidar as correspondentes obrigações no curso normal das operações.
(d)      Valor presente. Os ativos são mantidos pelo valor presente, descontado, dos fluxos futuros de entradas líquidas de caixa que se espera seja gerado pelo item no curso normal das operações. Os passivos são mantidos pelo valor presente, descontado, dos fluxos futuros de saídas líquidas de caixa que se espera serão necessários para liquidar o passivo no curso normal das operações.”

Comparando as definições da NBC com as afirmativas apresentadas, veremos que a sequência correta será F, F, V e V.

Gabarito: “B”

Acesse outras questões resolvidas no link abaixo:

Participe do nosso grupo no Facebook!
Se inscreva no nosso canal no Youtube!
Compartilhe com os amigos!

Deus abençoe!
Grande abraço!
Bons estudos!

quinta-feira, 22 de novembro de 2018

CRC 02/2018 – Questão nº33 da Prova Branca (nº34 da Prova Verde, nº35 da Prova Amarela e nº34 da Prova Azul) – Teoria da Contabilidade

Com base na referida NBC TG Estrutura Conceitual, reconhecimento envolve a descrição do item, a mensuração do seu montante monetário e a sua inclusão no balanço patrimonial ou na demonstração do resultado. Segundo a norma, os itens que satisfazem os critérios de reconhecimento devem ser reconhecidos no balanço patrimonial ou na demonstração do resultado. A falta de reconhecimento de tais itens não é corrigida pela divulgação das práticas contábeis adotadas nem tampouco pelas notas explicativas ou material elucidativo. Referente ao assunto intitulado reconhecimento à luz da referida norma, assinale a alternativa INCORRETA.

A) As despesas devem ser reconhecidas na demonstração do resultado quando ocasionarem em decréscimo nos benefícios econômicos futuros, relacionado com o aumento de um ativo ou a diminuição de um passivo, e puder ser mensurado com confiabilidade. Isso significa, na prática, que o reconhecimento da despesa ocorre simultaneamente com o reconhecimento de aumento nos passivos ou de diminuição nos ativos (por exemplo, a alocação por competência de obrigações trabalhistas ou da depreciação de equipamento).
B) A receita deve ser reconhecida na demonstração do resultado quando resultar em aumento nos benefícios econômicos futuros relacionado com o aumento de ativo ou com a diminuição de passivo, e puder ser mensurado com confiabilidade. Isso significa, na prática, que o reconhecimento da receita ocorre simultaneamente com o reconhecimento do aumento nos ativos ou da diminuição nos passivos (por exemplo, o aumento líquido nos ativos originado da venda de bens e serviços ou o decréscimo do passivo originado do perdão de dívida a ser paga).
C) Um ativo não deve ser reconhecido no balanço patrimonial quando os gastos incorridos não proporcionarem a expectativa provável de geração de benefícios econômicos para a entidade além do período contábil corrente. Ao invés disso, tal transação deve ser reconhecida como despesa na demonstração do resultado. Esse tratamento não implica dizer que a intenção da administração ao incorrer nos gastos não tenha sido a de gerar benefícios econômicos futuros para a entidade ou que a administração tenha sido mal conduzida. A única implicação é que o grau de certeza quanto à geração de benefícios econômicos para a entidade, além do período contábil corrente, é insuficiente para garantir o reconhecimento do ativo.
D) Um passivo deve ser reconhecido no balanço patrimonial quando for provável que uma saída de recursos detentores de benefícios econômicos seja exigida em liquidação de obrigação presente e o valor pelo qual essa liquidação se dará puder ser mensurado com confiabilidade. Na prática, as obrigações originadas de contratos ainda não integralmente cumpridos de modo proporcional – proportionately unperformed (por exemplo, passivos decorrentes de pedidos de compra de produtos e mercadorias ainda não recebidos) – não são geralmente reconhecidas como passivos nas demonstrações contábeis. Contudo, tais obrigações podem enquadrar-se na definição de passivos caso sejam atendidos os critérios de reconhecimento nas circunstâncias específicas, e podem qualificar-se para reconhecimento. Nesses casos, o reconhecimento dos passivos exige o reconhecimento dos correspondentes ativos ou despesas.


Resolução em texto elaborada pela Profª Yasmin:

1º) O que a questão pede?

Que assinalemos a alternativa INCORRETA, ou seja, a que NÃO está de acordo com os critérios de reconhecimento estabelecidos na NBC TG Estrutura Conceitual.

2º) Qual estratégia vamos usar para resolver?

Vamos analisar alternativa por alternativa e comparar com a NBC TG Estrutura Conceitual, para identificarmos a alternativa INCORRETA. Vamos lá!  \o/

Alternativa letra “A”: As despesas devem ser reconhecidas na demonstração do resultado quando ocasionarem em decréscimo nos benefícios econômicos futuros, relacionado com o aumento de um ativo ou a diminuição de um passivo, e puder ser mensurado com confiabilidade. Isso significa, na prática, que o reconhecimento da despesa ocorre simultaneamente com o reconhecimento de aumento nos passivos ou de diminuição nos ativos (por exemplo, a alocação por competência de obrigações trabalhistas ou da depreciação de equipamento).
Análise: Esta é a alternativa que está INCORRETA, pois aqui, a banca inverteu os critérios, de acordo com a norma (item 4.49), o correto é “... relacionado com o decréscimo de um ativo ou o aumento de um passivo...” e não o contrário.

Bom, nesse momento, no dia do exame, você já poderia marcar essa alternativa e ir para a próxima questão, para não perder tempo... mas, vejamos as outras alternativas:

Alternativa letra “B”: A receita deve ser reconhecida na demonstração do resultado quando resultar em aumento nos benefícios econômicos futuros relacionado com o aumento de ativo ou com a diminuição de passivo, e puder ser mensurado com confiabilidade. Isso significa, na prática, que o reconhecimento da receita ocorre simultaneamente com o reconhecimento do aumento nos ativos ou da diminuição nos passivos (por exemplo, o aumento líquido nos ativos originado da venda de bens e serviços ou o decréscimo do passivo originado do perdão de dívida a ser paga).
Análise: Esta é a alternativa que está CORRETA, está de acordo com a norma (item 4.47).


Alternativa letra “C”: Um ativo não deve ser reconhecido no balanço patrimonial quando os gastos incorridos não proporcionarem a expectativa provável de geração de benefícios econômicos para a entidade além do período contábil corrente. Ao invés disso, tal transação deve ser reconhecida como despesa na demonstração do resultado. Esse tratamento não implica dizer que a intenção da administração ao incorrer nos gastos não tenha sido a de gerar benefícios econômicos futuros para a entidade ou que a administração tenha sido mal conduzida. A única implicação é que o grau de certeza quanto à geração de benefícios econômicos para a entidade, além do período contábil corrente, é insuficiente para garantir o reconhecimento do ativo.
Análise: Esta é a alternativa que está CORRETA, está de acordo com a norma (item 4.45).

Alternativa letra “D”: Um passivo deve ser reconhecido no balanço patrimonial quando for provável que uma saída de recursos detentores de benefícios econômicos seja exigida em liquidação de obrigação presente e o valor pelo qual essa liquidação se dará puder ser mensurado com confiabilidade. Na prática, as obrigações originadas de contratos ainda não integralmente cumpridos de modo proporcional – proportionately unperformed (por exemplo, passivos decorrentes de pedidos de compra de produtos e mercadorias ainda não recebidos) – não são geralmente reconhecidas como passivos nas demonstrações contábeis. Contudo, tais obrigações podem enquadrar-se na definição de passivos caso sejam atendidos os critérios de reconhecimento nas circunstâncias específicas, e podem qualificar-se para reconhecimento. Nesses casos, o reconhecimento dos passivos exige o reconhecimento dos correspondentes ativos ou despesas.
Análise: Esta é a alternativa que está CORRETA, está de acordo com a norma (item 4.46).

Sendo assim, a alternativa que está INCORRETA, ou seja, a que NÃO está de acordo com os critérios de reconhecimento estabelecidos na NBC TG Estrutura Conceitual é a letra “A”.

Gabarito: “A”

Baixe aqui a NBC TG Estrutura Conceitual:

Acesse outras questões resolvidas no link abaixo:

Participe do nosso grupo no Facebook!
Se inscreva no nosso canal no Youtube!
Compartilhe com os amigos!

Deus abençoe!
Grande abraço!
Bons estudos!

quarta-feira, 21 de novembro de 2018

CRC 02/2018 – Questão nº32 da Prova Branca (nº31 da Prova Verde, nº32 da Prova Amarela e nº31 da Prova Azul) – Matemática Financeira e Estatística

Em 17/08/2018 um cliente tomou um empréstimo para pagamento em 4 prestações mensais, iguais e sucessivas, no valor de R$ 500,00 cada, devendo a primeira prestação ser paga em 17/09/2018. A taxa de juros contratada para essa dívida foi de 2% ao mês de juros compostos. Considerando somente as informações apresentadas e desconsiderando-se a incidência de impostos, assinale, entre as alternativas a seguir, o valor aproximado que o cliente tomou como empréstimo em 17/08/2018. Admita que o plano para pagamento da dívida adota o mês comercial de 30 dias e que os juros mensais estão embutidos no valor das prestações.

A) R$ 1.851,85.
B) R$ 1.903,86.
C) R$ 1.980,00.
D) R$ 2.000,00.


Resolução em texto elaborada pelo Profº Thiago:

1º) O que a questão pede?

Para identificar a alternativa que apresente o valor aproximado que o cliente tomou como empréstimo em 17/08/2018.

2º) Qual estratégia vamos usar para resolver?

Essa questão envolve o cálculo de juros compostos, mas que estão embutidos em cada uma das parcelas. Basicamente, é preciso trazer cada uma das parcelas a valor presente para que seja possível encontrar o valor que foi tomado como empréstimo.

Para quem usa a HP na prova, essa tarefa se torna extremamente simples, pois basta inserir todas as variáveis fornecidas pelo enunciado nas funções da calculadora e ela apresentará o resultado do empréstimo.

Sabemos que o pagamento será feito em 4 parcelas de R$ 500,00 a uma taxa de 2% de juros ao mês.

Na calculadora HP, faremos da seguinte forma:

500 CHS PMT (valor de cada parcela)
4 n (número de parcelas)
2 i (taxa de juros)
PV

Ao pressionar o PV sem inserir nenhuma informação antes, a calculadora automaticamente nos retorna o valor tomado como empréstimo a valor presente, ou seja, R$ 1.903,86.

Para os que não utilizaram a HP na prova, precisavam saber a fórmula de juros compostos e calcular cada parcela individualmente para trazer a valor presente e então encontrar o resultado.

A fórmula dos juros compostos é a seguinte:

PV = FV / (1 + i)n

Onde:

PV é o valor que queremos encontrar.
FV será o valor das parcelas
i é a taxa de juros em decimal
n é a parcela que iremos calcular.

Será preciso calcular cada uma individualmente, da seguinte forma:

1ª parcela
PV = 500 / (1,02)1 = 500 / 1,02 = 490,20

Esse valor significa que dos R$ 500,00 que foi pago na primeira parcela, 490,20 refere-se ao empréstimo e o restante é juros.

2ª parcela
PV = 500 / (1,02)2 = 500 / 1,04 = 480,58

3ª parcela
PV = 500 / (1,02)3 = 500 / 1,06 = 471,16

4ª parcela
PV = 500 / (1,02)4 = 500 / 1,08 = 461,92

Agora que encontramos o valor presente de cada parcela, vamos somar todas elas e encontrar o valor total do empréstimo a valor presente.

490,20 + 480,58 + 471,16 + 461,92 = 1.903,86

Gabarito: “B”

Acesse outras questões resolvidas no link abaixo:

Participe do nosso grupo no Facebook!
Se inscreva no nosso canal no Youtube!
Compartilhe com os amigos!

Deus abençoe!
Grande abraço!
Bons estudos!