sexta-feira, 31 de agosto de 2018

CRC 01/2018 – Questão nº49 da Prova Branca (nº49 da Prova Verde, nº49 da Prova Amarela e nº49 da Prova Azul) – Língua Portuguesa

Texto para responder à questão 49.

A uberização do trabalho no século XXI
Tarefas sob demanda ganham espaço em um mercado transformado pela automação e pela inteligência artificial

Na primeira metade do século XXI, o mundo do trabalho está em ebulição. Os impactos das transformações provocadas pela automação acentuada e pela inteligência artificial ainda são difíceis de mensurar – as previsões vão de cortes de 10% a 40% dos empregos atuais. Uma situação, porém, já faz parte do presente: as tarefas sob demanda, tendência já batizada de uberização do trabalho. A carreira dentro de uma única empresa ficou para trás, e as funções de média gerência estão desaparecendo num processo considerado sem volta. O designer Wallace Vianna, de 50 anos, viveu 13 anos sob o regime da carteira de trabalho, nascido com a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), com horário fixo, férias e 13º salário. Atualmente, é empregado de si mesmo, administra quatro contratos simultaneamente, convivendo com oscilação de renda de um salário mínimo (R$ 954) a cinco salários (R$ 4.770).
“Sou técnico, publicitário, contato, cuido da parte financeira e administrativa. Costumo oferecer um leque de opções para o cliente, como web designer, professor de design, cubro férias de profissionais da área. O trabalho pode ser com carteira assinada ou não. Depende do que aparecer”, afirmou o profissional, formado em design pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj).
Nesse novo mundo do trabalho, os empregos típicos da classe média vão diminuir, dizem analistas. Até mesmo profissões com status de doutor, como a de advogado ou médico, vão sofrer baques na empregabilidade. Leitura de peças processuais e análise de exames clínicos se darão com base em gigantescos bancos de dados, o big data, eliminando uma etapa da preparação do processo na Justiça e no diagnóstico do paciente.
“Está se criando um fosso entre os altamente qualificados e os de baixa qualificação. Cada vez se necessita menos dos médios qualificados. Onde havia gerentes que nos atendiam em agências de turismo e companhias aéreas, há sistemas. O trabalho das 9 horas às 18 horas tende a desaparecer. Vai ser controlado à distância, numa contratação mais precária, em prazos menores e com menos segurança”, disse o procurador do Trabalho Rodrigo Carelli, professor de Direito do Trabalho e de Direito e Sociedade da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).
Atualmente, no Brasil, de um total de 8,2 milhões de empresas, 4,2 milhões não têm empregados. No setor de serviços, onde o trabalho de autônomos é mais intenso, esses negócios individuais chegam a representar 59,2%. Nesses casos, as relações de trabalho viraram relações empresariais.
(Cássia Almeida, com reportagem de Madson Gama. 28/05/2018. Disponível em: https://epoca.globo.com/tecnologia/noticia/2018/05/uberizacao-do-trabalho-no-seculo-xxi.html.)


Questão 49:

O texto apresentado é construído a partir de elementos que se articulam de forma a obter um resultado comunicacional satisfatório considerando-se a situação de comunicação em que está inserido. Tendo em vista os aspectos linguísticos empregados e a produção de sentido que emerge a partir dos mesmos, analise as afirmativas a seguir.

I. Recorre-se à utilização de estratégias que conferem credibilidade ao texto de modo recorrente.
II. A criação de neologismo pelo autor demonstra uma crítica à nova demanda de que trata o texto que afeta o mercado de trabalho convencional.
III. A utilização de verbos empregados predominantemente no presente do indicativo tem sua função relacionada à estrutura textual apresentada e seu objetivo comunicacional.
IV. Pode-se afirmar que a sequência textual dominante se desenvolve a partir de argumentos que somados expressam um ponto de vista claro e definido em relação ao assunto apresentado.

São consideradas corretas de acordo com o texto apenas

A) I e III.
B) II e III.
C) I, II e IV.
D) II, III e IV.


Resolução em texto elaborada pela Profª Yasmin:

1º) O que a questão pede?

Que analisemos os 4 itens (afirmativas) para verificar se está de acordo com o sentido do texto.

2º) Qual estratégia vamos usar para resolver?

Vamos analisar cada item e confrontar o sentido de acordo com o texto:

Item I: Recorre-se à utilização de estratégias que conferem credibilidade ao texto de modo recorrente.
Análise: Está correta! Uma das estratégias é ter utilizado entrevista com pessoas que estão envolvidas com o assunto, e isto traz credibilidade.

Item II: A criação de neologismo pelo autor demonstra uma crítica à nova demanda de que trata o texto que afeta o mercado de trabalho convencional.
Análise: Está incorreta! O neologismo empregado no texto, no caso é a palavra “uberização”, não diz que foi uma palavra criada pelo autor. Sem falar que o autor não critica essa nova demanda, apenas relata fatos que estão acontecendo.

Item III: A utilização de verbos empregados predominantemente no presente do indicativo tem sua função relacionada à estrutura textual apresentada e seu objetivo comunicacional.
Análise: Está correta! O presente do indicativo é um tempo verbal utilizado para falar de uma ação que ocorre no momento da fala, e, como o autor relata fatos que estão acontecendo, os verbos empregados estão com esse objetivo comunicacional.

IV. Pode-se afirmar que a sequência textual dominante se desenvolve a partir de argumentos que somados expressam um ponto de vista claro e definido em relação ao assunto apresentado.
Análise: Está incorreta! Não mostra de maneira clara e definida qual o ponto de vista do autor, apesar dos argumentos utilizados.

Sendo assim, estão corretos os itens I e III.

Gabarito: “A”

Acesse outras questões resolvidas no link abaixo:

Participe do nosso grupo no Facebook!
Se inscreva no nosso canal no Youtube!
Compartilhe com os amigos!

Deus abençoe!
Grande abraço!
Bons estudos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário