segunda-feira, 30 de julho de 2018

CRC 01/2018 – Questão nº21 da Prova Branca (nº19 da Prova Verde, nº20 da Prova Amarela e nº19 da Prova Azul) – Teoria da Contabilidade

De acordo com as normas vigentes no Brasil, a relevância é uma das características qualitativas obrigatoriamente presentes nas Demonstrações Contábeis. Dentre os seus requisitos, tem-se que a relevância auxilia o usuário da informação contábil em todos os itens a seguir, EXCETO:

A) Auxiliar na previsão de eventos futuros.
B) Fazer a diferença na tomada de decisões.
C) Ajudar na avaliação de eventos passados.
D) Demonstrar que tanto itens materiais quanto imateriais devem ser considerados.


Resolução em texto elaborada pela Profª Yasmin:

1º) O que a questão pede?

Que assinalemos a alternativa do que NÃO condiz com os requisitos da relevância, de acordo com características qualitativas obrigatoriamente presentes nas Demonstrações Contábeis.

2º) Qual estratégia vamos usar para resolver?

Trata-se de uma questão de teoria básica da contabilidade, onde temos que identificar as características qualitativas, que estão presentes na Estrutura Conceitual Básica da contabilidade brasileira.

A Estrutura Conceitual, em capítulo 03, nos traz os conceitos das características qualitativas. De maneira bem resumida, temos caraterísticas qualitativas “fundamentais” (que são apenas duas) e as de “melhoria” (que são quatro). Vejamos:

Características qualitativas fundamentais
- Relevância
- Representação fidedigna

Características qualitativas de melhoria
- Comparabilidade
- Verificabilidade
- Tempestividade
- Compreensibilidade

Com isso, vemos que a “relevância” é uma característica fundamental da informação contábil-financeira, e na Estrutura Conceitual, extraindo partes da normas que mais nos interessa, temos a informação que:

  • Informação contábil-financeira relevante é aquela capaz de fazer diferença nas decisões que possam ser tomadas pelos usuários.
  • A informação contábil-financeira é capaz de fazer diferença nas decisões se tiver valor preditivo, valor confirmatório ou ambos.
  • A informação contábil-financeira tem valor preditivo se puder ser utilizada como dado de entrada em processos empregados pelos usuários para predizer futuros resultados.
  • A informação contábil-financeira tem valor confirmatório se retro-alimentar – servir de feedback – avaliações prévias (confirmá-las ou alterá-las).
  • A informação é material se a sua omissão ou sua divulgação distorcida (misstating) puder influenciar decisões que os usuários tomam com base na informação contábil-financeira acerca de entidade específica que reporta a informação. Em outras palavras, a materialidade é um aspecto de relevância específico da entidade baseado na natureza ou na magnitude, ou em ambos, dos itens para os quais a informação está relacionada no contexto do relatório contábil-financeiro de uma entidade em particular. Consequentemente, não se pode especificar um limite quantitativo uniforme para materialidade ou predeterminar o que seria julgado material para uma situação particular.


Então, comparando com as alternativas, vemos que o que não condiz com os requisitos da relevância é o que diz na letra “D”:
D) Demonstrar que tanto itens materiais quanto imateriais devem ser considerados.


Gabarito: “D”

Baixe aqui a NBC TG Estrutura Conceitual:

Acesse outras questões resolvidas no link abaixo:

Participe do nosso grupo no Facebook!
Se inscreva no nosso canal no Youtube!
Compartilhe com os amigos!

Deus abençoe!
Grande abraço!
Bons estudos!

Um comentário: