sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Questão 18 – CRC 02/2017 – Prova Bacharel – Contabilidade Geral

Em 31.12.2016, uma Sociedade Empresária adquiriu o direito de uso de uma patente por R$1.800.000,00; pagou 80% à vista e o restante com vencimento em 31.1.2017. Para fins de registro contábil do ativo, o efeito do valor do dinheiro no tempo foi considerado imaterial.

Essa patente permite à Sociedade Empresária fabricar e comercializar, durante os próximos 6 anos, um produto exclusivo e de grande aceitação no mercado.

A projeção de produção e comercialização desse produto é apresentada a seguir:


Informações Adicionais:
  • A Sociedade Empresária utiliza, como Critério de Amortização, o Método de Unidades Produzidas.
  • Ao final do 6º ano de utilização, a patente tem valor residual estimado igual a zero.
  • Conforme projetado, no 1º ano foram produzidas e vendidas 100.000 unidades e não houve alteração do volume de produção previsto para os anos seguintes.

Considerando-se apenas as informações apresentadas e o que dispõe a NBC TG 04 (R3) – ATIVO INTANGÍVEL, o valor contábil do grupo Ativo Não Circulante – Intangível, ao final do 1º ano, será de:

a) R$1.440.000,00.
b) R$1.500.000,00.
c) R$1.650.000,00.
d) R$1.800.000,00.

Gabarito: “C”

Resolução em texto elaborada pelo Prof. Thiago Chaim:

1º) O que a questão pede?
Para identificar a alternativa que apresente corretamente o valor contábil do grupo Ativo Não Circulante – Intangível ao final do 1º ano.

2º) Qual estratégia vamos usar para resolver?
Essa questão é relativamente simples de responder uma vez que todas as informações importantes fornecidas pelo enunciado sejam levadas em consideração.

Esse é um ponto chave para quem está se preparando para a próxima prova. Saber o que é relevante e o que não é relevante para a resolução das questões. Saber identificar isso vai ajudar a responder as questões de forma muito mais objetiva, ganhando tempo e diminuindo a chance de erro, pois você não terá de se preocupar com informações que possam te confundir.

Exemplo disso, é o fato da empresa ter pago 80% do valor do ativo intangível à vista e o restante em outra data. Essa informação é totalmente irrelevante para nós.

O importante é saber que o Ativo Intangível possui o valor de 1.800.000,00.

O fato da empresa poder comercializar o produto pelos próximos 6 anos, também é irrelevante. O que temos de levar em consideração são as unidades produzidas, pois a amortização é feita seguindo esse critério.

Outras duas informações que são muito importantes são o fato de que a patente não tem valor residual, ou seja, quando terminar de produzir todas as 1.200.000 unidades, o valor dela será zero. Com isso, sabemos que o valor amortizável da patente será o total dos 1.800.000,00

Por último, mas tão importante quanto os outros é o fato de que no 1º ano foram produzidas as 100.000 unidades.

Pronto, agora é só resolver a questão. =)

Se o ativo intangível possui o valor de 1.800.000,00 e é capaz de produzir 1.200.000 unidades, basta dividir um pelo outro e encontraremos o valor que cada unidade produzida irá amortizar esse ativo.

1.800.000,00 / 1.200.000 = 1,50

Se para cada unidade produzida, o ativo deve ser amortizado em 1,50, então ao produzir as 100.000 unidades do 1º ano teremos:

1,50 * 100.000 = 150.000,00

Esse é o valor da Amortização do primeiro ano.

A questão está perguntando o valor contábil do ativo e sabemos que (de maneira simplificada) o valor contábil = custo de aquisição – amortização. Então, temos que

1.800.000,00 – 150.000,00 = 1.650.000,00

Esse é o valor contábil do Ativo Intangível ao final do primeiro ano. Alternativa da letra “C”.

Resolução em vídeo elaborada pela Prof.ª Yasmin:


Baixe a resolução em PDF no link abaixo:

Acesse outras questões resolvidas no link abaixo:

Participe do nosso grupo no Facebook!
Se inscreva no nosso canal no Youtube!
Compartilhe com os amigos!

Deus abençoe!
Grande abraço!
Bons estudos!

Um comentário: