terça-feira, 21 de novembro de 2017

Questão 14 – CRC 02/2017 – Prova Bacharel – Contabilidade Geral

As normas contábeis, atualmente em vigor no Brasil, requerem, nas Demonstrações Contábeis Consolidadas, a identificação da Participação de Não Controladores.

Considerando-se o que dispõe a NBC TG 36 (R3) – DEMONSTRAÇÕES CONSOLIDADAS, a participação de não controlador é:

a) a parte do ativo da controlada não atribuível, direta ou indiretamente, à controladora.
b) a parte do ativo da controladora não atribuível, direta ou indiretamente, à controlada.
c) a parte do patrimônio líquido da controladora não atribuível, direta ou indiretamente, à controlada.
d) a parte do patrimônio líquido da controlada não atribuível, direta ou indiretamente, à controladora.

Gabarito: “D”

Resolução em texto elaborada pelo Prof. Thiago Chaim:

1º) O que a questão pede?
Para identificar a alternativa que define corretamente a participação de não controlador de acordo com a NBC TG 36.

2º) Qual estratégia vamos usar para resolver?
Essa questão trata de uma definição apresentada na NBC TG 36. A maneira mais segura de responde-la é conhecendo a definição, mas também é possível utilizar um pouco de raciocínio lógico para chegar à alternativa correta.

Não quero apenas apresentar a resposta correta e onde ela pode ser encontrada. Além disso, quero tentar ajudar os candidatos a entenderem que algumas questões podem ser resolvidas se tivermos a capacidade (e tempo) para utilizar de ferramentas alternativas.

Vamos pensar um pouco. A questão está abordando as Demonstrações Contábeis Consolidadas e quer saber sobre a Participação de Não Controladores. Obviamente, podemos concluir que além desses há os Controladores.

Em cima disso, vamos construir um raciocínio lógico da maneira mais simples possível e para isso. Para isso, teremos a empresa A que será nossa Controlada.

Como o próprio nome já diz, a empresa A é Controlada por outras entidades. Aqui, hipoteticamente, a Controladora será a empresa B que possui 80% da empresa A.

Temos, também, a empresa C que detém os outros 20% e apesar de possuir participação na empresa A ela não tem controle sobre ela e por isso ela é uma Não Controladora.

Agora que temos definido nosso contexto hipotético, vamos para o raciocínio lógico.

De tudo que a empresa A possui, iremos atribuir 80% para a empresa B que é Controladora e o restante, ou seja, tudo que não for atribuível para a empresa B será da empresa C que é Não Controladora.

Agora, vamos ver se a definição da NBC TG 36 faz sentido:

Participação de não controlador é a parte do patrimônio líquido da controlada não atribuível, direta ou indiretamente, à controladora.

Esse texto é exatamente igual ao apresentado pela alternativa “D”
Nesse caso, a alternativa “A” poderia causar dúvida na hora de assinalar, mas lembre-se que quando uma empresa tem participação em outra, ela não participa apenas nos ativos, ela também tem participação nos passivos, sendo assim, faz muito mais sentido que a parte que deve ser atribuída aos Controladores e Não Controladores seja o Patrimônio Líquido, já que ele é a parte residual dos ativos depois de deduzidos todos os passivos.

Resolução em vídeo elaborada pela Prof.ª Yasmin:


Baixe a resolução em PDF no link abaixo:
Acesse outras questões resolvidas no link abaixo:

Participe do nosso grupo no Facebook!
Se inscreva no nosso canal no Youtube!
Compartilhe com os amigos!

Deus abençoe!
Grande abraço!
Bons estudos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário