terça-feira, 7 de novembro de 2017

Questão 10 – CRC 02/2017 – Prova Bacharel – Contabilidade Geral

Assinale, entre as opções a seguir, aquela que apresenta a CORRETA relação entre o tipo de ativo e o exemplo de item a ser considerado na mensuração inicial como componente do seu custo.

a) Ativo Imobilizado: custos incorridos na introdução de novo produto ou serviço no mercado, incluindo propaganda e atividades promocionais.
b) Ativo Intangível: honorários profissionais diretamente relacionados para que o ativo fique em condições operacionais.
c) Estoque: despesas de comercialização, incluindo a venda e a entrega dos bens e serviços aos clientes.
d) Propriedade para Investimento: perdas operacionais incorridas antes de a propriedade para investimento ter atingido o nível de ocupação previsto.

Gabarito: “B”

Resolução em texto elaborada pelo Prof. Thiago Chaim:

1º) O que a questão pede?
Para assinalar a alternativa que apresenta a CORRETA relação entre o tipo de ativo e o exemplo de item a ser considerado na mensuração inicial como componente do seu custo.

2º) Qual estratégia vamos usar para resolver?
Para resolver essa questão, vamos ter de analisar algumas NBCs pra conseguir determinar quais itens podem ser considerados como custo.

A ideia não é colar aqui todas as definições que podem ser encontradas no texto das NBC TG. Por isso, recomendo que façam a leitura dos trechos específicos que tratam sobre a composição de custos das Normas 04 (Ativo Intangível), 16 (Estoque), 27 (Ativo Imobilizado) e 28 (Propriedade para Investimento). O link para acessar essas e outras NBC TG na íntegra está disponível ao final desta resolução.

De maneira geral, o texto das NBCs que define o que compreende como custo de um ativo é muito parecido, obviamente, com as diferenças específicas de cada tipo de ativo.

Basicamente, o que os textos dizem é que o custo é composto pelo preço de aquisição, acrescido de alguns impostos (consulte as Normas para todos os detalhes) e qualquer outro custo atribuído diretamente para colocar o ativo em uso, deduzidos os descontos comerciais e abatimentos.

Mas, para justificar as alternativas apresentadas, quero chamar a atenção para alguns itens específicos de cada Norma.

O item 19 da NBC TG 27 – Ativo Imobilizado apresenta alguns exemplos que NÃO são custos de itens do ativo imobilizado e, na lista apresentada, chamo a atenção para o subitem “B” que diz “custos incorridos na introdução de novo produto ou serviço (incluindo propaganda e atividades promocionais)”.

Portanto, sem dúvidas de que a alternativa “A” é FALSA.

Na NBC TG 04 – Ativo Intangível, em seu item 28 define alguns exemplos de custos que são diretamente atribuíveis, dentre eles, “honorários profissionais diretamente relacionados para que o ativo fique em condições operacionais”.

Isso faz com que a alternativa “B” esteja CORRETA.

Já a NBC TG 16 – Estoques, é o item 16 que cita exemplos de itens que NÃO são incluídos no custo e dentre eles encontramos “despesas de comercialização, incluindo a venda e a entrega dos bens e serviços aos clientes”.

Sendo assim, comprovamos que a alternativa “C” é FALSA.

A NBC TG 28 – Propriedade para Investimento, no item 23 define que o custo de uma propriedade NÃO é aumentado por “perdas operacionais incorridas antes de a propriedade para investimento ter atingido o nível de ocupação previsto”.

Portanto, concluímos com base na NBC que a alternativa “D” é FALSA.

Para consulta das Normas Brasileiras de Contabilidade http://cfc.org.br/tecnica/normas-brasileiras-de-contabilidade/normas-completas/

Resolução em vídeo elaborada pela Prof.ª Yasmin:


Baixe a resolução em PDF no link abaixo:


Acesse outras questões resolvidas no link abaixo:

Participe do nosso grupo no Facebook!
Se inscreva no nosso canal no Youtube!
Compartilhe com os amigos!

Deus abençoe!
Grande abraço!
Bons estudos!

2 comentários:

  1. Olá Thiago, não entendi ainda porque a letra B está correta, vc pode esclarecer melhor?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lana, as empresas devem fazer o reconhecimento de um ativo pelo seu custo de aquisição e como falei na questão, são as NBCs que definem o que pode e o que não pode ser considerado como custo de aquisição para integrar o valor que será reconhecido no ativo.

      A alternativa "B" está correta, basicamente pois é a única que apresenta condições permitidas nas NBCs para integrar o custo de aquisição. Todas as outras alternativas apresentam algum item impeditivo, tornando-as falsas.

      Infelizmente não há muito mais o que explicar, a minha sugestão é que faça a leitura dos itens específicos de custos de aquisição e reconhecimento de ativos das NBCs que mencionei na resolução.

      Espero ter ajudado. Um abraço.

      Excluir