sexta-feira, 30 de junho de 2017

Questão 50 – CRC 01/2017 – Prova de Bacharel – Língua Portuguesa

Leia o texto a seguir, sobre o qual versam as questões 49 e 50.
(Clique na imagem para ampliar)

O primeiro parágrafo do editorial do jornal Folha de S.Paulo Profissionais domésticos traz a seguinte tese: “Faltou pouco para essa categoria receber equiparação completa com todos os outros trabalhadores do país”.

Assinale a alternativa cujo trecho destacado ratifica a posição do jornal.

a) “O que passar disso será remunerado com 50% adicional como horas extras, ou 100% no caso de domingos e feriados – como qualquer funcionário em atividade.” (linhas 07 a 09)
b) “Após um ano no emprego, domésticos farão jus a 30 dias de férias, com pagamento acrescido de um terço do salário mensal.” (linhas 10 a 11)
c) “Além disso, torna-se obrigatório que patrões recolham contribuição de 8% para o FGTS, um benefício do qual trabalhadores domésticos estavam anteriormente excluídos.” (linhas 11 a 14)
d) “Enquanto funcionários CLT podem receber de três a cinco parcelas proporcionais ao salário (com teto de R$ 1.386), ao empregado doméstico se pagará um máximo de três prestações, limitadas a um salário mínimo.” (linhas 31 a 34)

Passo-a-passo da resolução em texto:

1º) O que a questão pede?
Que assinale a alternativa cujo trecho destacado ratifica a posição do jornal.

2º) Qual estratégia vamos usar para resolver?
Assim como a questão 49, nessa questão 50 também não precisamos ler o texto original para conseguirmos resolver.

Temos que ter em mente que precisamos encontrar qual é a alternativa que ratifica a posição do jornal.

Ratificar significa confirmar, validar, comprovar. Ou seja, precisamos encontrar qual é a alternativa que comprove a posição do jornal. Lembrando que no enunciado diz que o texto se trata sobre Profissionais Domésticos, e a posição do jornal no enunciado é:
“Faltou pouco para essa categoria receber equiparação completa com todos os outros trabalhadores do país”.

Ao lermos as alternativas, veremos que as letras a, b, e c não tem nada ver com essa posição acima.

Já a letra “d” diz que:
“Enquanto funcionários CLT podem receber de três a cinco parcelas proporcionais ao salário (com teto de R$ 1.386), ao empregado doméstico se pagará um máximo de três prestações, limitadas a um salário mínimo.” (linhas 31 a 34)

Logo, confirma a posição do jornal, pois demonstra que o empregado doméstico está quase “equiparado” aos funcionários CLT.

Gabarito: “D”

Acesse outras questões resolvidas no link abaixo:

Deus abençoe!
Muito sucesso!
Profª Yasmin

Nenhum comentário:

Postar um comentário