terça-feira, 13 de junho de 2017

Questão 38 – CRC 01/2017 – Prova de Bacharel – Teoria da Contabilidade

Uma Empresa Individual de Responsabilidade Limitada possui um único proprietário, que exige do Profissional da Contabilidade responsável que ignore os ajustes relacionados às estimativas de perdas econômicas, para que não afetem o resultado.

Segundo o proprietário:
As estimativas de perdas previstas no conjunto normativo, assim como a redução ao Valor Realizável Líquido, Redução ao Valor Recuperável e com Créditos de Liquidação Duvidosa não são dívidas, ou seja, não serão pagas, e refletem apenas reduções nos benefícios dos ativos, o que interessa apenas a mim, especificamente.
Considero ainda inadequado o seu reconhecimento no resultado, pois será reduzido o lucro ou o prejuízo aumentado, pois o Fisco não admite a sua dedutibilidade.
Afinal, sou o proprietário e o Gestor, portanto, como usuário principal, minhas necessidades é que devem ser atendidas.

Considerando-se a NBC TG ESTRUTURA CONCEITUAL – ESTRUTURA CONCEITUAL PARA ELABORAÇÃO E DIVULGAÇÃO DE RELATÓRIO CONTÁBIL-FINANCEIRO, é CORRETO afirmar que o Profissional da Contabilidade:

a) deve aceitar as exigências do proprietário, afinal não há risco fiscal no atendimento à necessidade manifestada pelo proprietário, que é o usuário principal; dessa forma, estaria agindo de acordo com a Característica Qualitativa da Compreensibilidade.
b) deve acatar as exigências do proprietário, pois os casos mencionados são estimativas, logo, o seu atendimento, não marcado por uma transação efetiva, representa a perda da Característica Qualitativa da Objetividade.
c) não pode atender às exigências do proprietário; se o fizer, a informação contábil perderá a Característica de Representação Fidedigna, marcada pela neutralidade.
d) não pode atender às exigências do proprietário, se o fizer, a informação contábil perderá a Característica Qualitativa da Prudência, inerente à profissão contábil.

Passo-a-passo da resolução em texto:

1º) O que a questão pede?
Que assinalemos a opção CORRETA, mediante entendimento das Características Qualitativas da informação Contábil-Financeira, conforme a NBC TG Estrutura Conceitual.

2º) Qual estratégia vamos usar para resolver?
Apesar de se tratar de uma questão teórica sobre as Características Qualitativas da informação Contábil-Financeira, podemos perceber também que se fez uma integração com conceitos “éticos”, pois afinal, o Profissional da Contabilidade não tem como objetivo “servir as necessidades dos gestores ou proprietários das empresas” e sim fazer a mensuração de maneira que atenda e respeite todas as normas e leis que envolvem o seu trabalho, de maneira íntegra e com profissionalismo.

Tendo esse objetivo em mente, já descartaríamos facilmente a possibilidade de assinalar as alternativas “a” e “b”.

Entre as alternativas “c” e “d”, temos que lembrar sobre as Características Qualitativas, conforme já vimos lá na questão 36 (deste mesmo exame 01/2017), que são:

(a) características qualitativas fundamentais (relevância e representação fidedigna), as mais críticas; e
(b) características qualitativas de melhoria (comparabilidade, verificabilidade, tempestividade e compreensibilidade), menos críticas, mas ainda assim altamente desejáveis.”

Percebemos que o Profissional da Contabilidade “não pode atender às exigências do proprietário; se o fizer, a informação contábil perderá a Característica de Representação Fidedigna, marcada pela neutralidade.”

Gabarito: “C”

Acesse e leia a NBC TG ESTRUTURA CONCEITUAL na íntegra, clicando no link:

Acesse outras questões resolvidas no link abaixo:

Deus abençoe!
Muito sucesso!
Profª Yasmin

2 comentários:

  1. Obrigado Prof. Yasmin!
    Muito Boa a explicação!
    Deus abençoe!

    ResponderExcluir
  2. Excelente! Explicação de ótima qualidade.

    Graça e Paz!

    ResponderExcluir