sexta-feira, 12 de maio de 2017

Questão 16 – CRC 01/2017 – Prova Bacharel – Contabilidade Geral

Uma Sociedade Empresária efetuou, em 31.12.2015, uma venda no valor de R$40.000,00, para receber o valor em parcela única, com vencimento em cinco anos.

Caso a venda fosse efetuada à vista, de acordo com opção disponível, o valor da venda teria sido de R$24.836,85, o que corresponde a uma taxa de juros imputada de 10% ao ano, equivalente à taxa de juros de mercado.

Considerando-se apenas as informações apresentadas e de acordo com a NBC TG 12 – AJUSTE A VALOR PRESENTE, o valor contábil atualizado de Contas a Receber decorrente dessa transação de venda, em 31.12.2016, é de:

a) R$40.000,00.
b) R$36.000,00.
c) R$27.320,54.
d) R$24.836,85.

Passo-a-passo da resolução em texto:

1º) O que a questão pede?
O valor contábil atualizado de Contas a Receber em 31/12/2016.

2º) Qual estratégia vamos usar para resolver?
Essa questão envolve juros compostos (matemática financeira) e a pegadinha dela que poderia tirar muita gente do caminho certo são as datas.

Todas as informações necessárias foram fornecidas pelo enunciado, inclusive nos poupando de ter de encontrar o valor presente da venda.

O recebimento da venda será em 5 anos a partir da data da operação. Significa que o contas a receber, no ato da venda será registrado pelo valor presente, e ao longo do tempo, a contabilidade irá registrar os valores de juros que vão se acumular. Então, a melhor forma de resolver essa questão é utilizando a HP 12C e considerarmos as seguintes variáveis:

PV = Valor Presente de R$ 24.836,85 informado no enunciado
n = 1. Esse número representa o tempo em anos desde a compra até a data que o exercício quer saber o valor. De 31/12/2015 a 31/12/2016 se passou 1 ano, por isso utilizaremos esse valor.
i = 10. Essa é a taxa de Juros informada no enunciado.

Essas são as teclas da calculadora que iremos utilizar para resolver a questão. Faremos assim:

24.836,85 CHS PV
1 n
10 i
FV

Na minha calculadora, apareceu o resultado de R$ 27.320,53 (a variação pode ser por causa de arredondamento e não é significativa).

Resolvi fazer o cálculo na HP12C Gold (online) e apareceu certinho R$ 27.320,54:

Gabarito: “C”

Resolução elaborada pelo colaborador Thiago Chaim.

Acesse outras questões resolvidas no link abaixo:

Deus abençoe!
Muito sucesso!
Profª Yasmin

11 comentários:

  1. Eu encontrei o resultado sem a fórmula,
    Valor do Juros anual R$ 24.836,85 X 10 % = 2.483,69
    Agora é só somar o valor que da venda se fosse a vista mais o juros. R$ 24.836,85+2.483,69 = 27.320,54
    Como não consigo decorar fórmulas, prefiro assim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabendo utilizar as funções da HP que coloquei em destaque, você não precisa decorar nenhuma fórmula. A forma como você fez, também funciona, apenas optei por explicar utilizando as funções da HP pois pode ser um processo bem mais rápido do que fazer na mão e assim economizar tempo pra responder questões mais complexas.

      Obrigado por compartilhar outra forma de resolução. Um abraço

      Excluir
  2. Também fiz encontrando primeiro os 10% do valor da venda e depois somei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Excelente, Valmara. Também funciona.
      Só cuidado para não acabar gastando muito tempo nessas questões e acabar ficando sem tempo para questões mais complexas.
      Um abraço

      Excluir
  3. A maneira feita no passo a passo é a mais simples, apesar daqueles que tem dificuldades de usarem a HP, o bom é praticar com a mesma para o próprio exame, pois imaginem se fosse uma questão mais crítica, de venda a prazo de 8 anos, e pedissem o valor de "contas a receber" decorrente da transação referente á 6 anos, calcular na HP seria extremamente mais fácil devido o juros composto, do que pegar o juros do ano somar ao valor, e assim por diante para achar o valor referente ao 6º ano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, Jonatan. A ideia era responder essa questão de forma rápida e assim sobra mais tempo para dedicar para resolver as questões mais complexas.
      Obrigado pela contribuição.
      Um abraço

      Excluir
  4. A minha duvida é em questão de usar o tempo 1 na HP e porque não usar como 12 meses? Sei que se usar o tempo como 12 meses o valor vai ser diferente. Então me diz em que momnento uso o 1 ou 2, 3 (anos) ao invés de usar 12, 24 ou 36(meses)?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Niraldo. Juros compostos são trabalhados de maneira diferente. Por exemplo: 12% a.a não são 1% a.m nos juros compostos. Esse é um erro que muitas pessoas cometem.
      Podemos utilizar sim TEMPO e TAXA em meses,porém nesse caso você terá que achar a taxa equivalente. Por isso o cálculo foi feito em anos, que dessa forma não precisamos realizar nenhuma conversão.
      Mas é possível sim utilizar, segue resolução abaixo:

      Conversão taxa de juros anual para mensal no juros compostos:
      10 I
      1 PV
      1 N
      Teclar FV
      12 N
      teclar I
      Irá aparecer na tela: 0,797

      Agora poderá usar o restante da fórmula e ao invés de utilizar o 1 N, utilizar 12 N, pois agora a taxa está em meses.

      Faça o teste da fórmula por completo e veja que irá achar o resultado:

      10 I
      1 PV
      1 N
      Teclar FV
      12 N
      teclar I (Não apague da tela)
      teclar I novamente
      24.836,85 CHS PV
      12 n
      FV

      Espero ter ajudado. Abraço

      Excluir
    3. Niraldo, como você pode perceber pela explicação do Rodrigo, é muito mais fácil adequarmos o TEMPO ao valor da TAXA do que o contrário.
      Sendo assim, se a questão te fornecer a taxa de juros ao ano, utilize esse parâmetro para calcular os juros, sendo 1º ano, 2º ano etc.
      Caso a questão forneça a taxa de juros ao mês, então utilize 12 meses, 24 meses etc. para calcular o mesmo período.

      Espero ter ajudado. Um abraço.

      Excluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir