terça-feira, 7 de março de 2017

Questão 47 – CRC 02/2016 – Prova de Bacharel – Perícia Contábil

Em uma questão judicial envolvendo a cobrança de uma dívida, o Perito Contador foi chamado a calcular o saldo devedor de um empréstimo com os seguintes dados:
(clique na imagem para ampliar)
O devedor realizou duas amortizações parciais sendo a primeira de R$50.000,00 em 31.5.2013 e a segunda de R$60.000,00 em 31.5.2016.

Para fins de análise da questão, um dos quesitos formulados pelo Juiz indagava qual o saldo final em 31.5.2016, com aplicação dos encargos contratuais até o vencimento, e juros simples de 1% ao mês calculados sobre o saldo da dívida em 31.5.2013, para o período seguinte.

Com base nos dados apresentados, o valor a ser informado em resposta ao quesito formulado é de aproximadamente:

a) R$196.496,41.
b) R$178.496,41.
c) R$169.872,31.
d) R$156.896,41.

Passo-a-passo da resolução em texto:

1º) O que a questão pede?
O valor a ser informado ao juiz em resposta ao quesito formulado, que traduzindo é: qual o saldo da dívida em 31/05/2016.

2º) Qual estratégia vamos usar para resolver?
Bom, aqui é uma questão de perícia, porém, com conhecimento de cálculo de matemática financeira.

Teremos que ir interpretar o texto conforme a leitura e já ir elaborando os cálculos. Vamos lá então!  \o/

O empréstimo foi concedido no valor de R$ 200.000,00, para ser pago em 12 meses (de 31/5/2012 até 31/05/2013), com juros compostos de 1% ao mês. Então, temos que ver quanto seria a dívida em 31/05/2013, que é quando teria que ser paga inicialmente:

Vamos usar a fórmula para cálculo do montante, ou, valor futuro:
FV = PV x (1 + i)n
FV = 200.000 x (1 + 0,01)12
FV = 200.000 x (1,01)12
FV = 200.000 x 1,126825
FV = 225.365,01

Mas, sugiro que você leve a sua linda HP12C, pois será bem mais prático o cálculo de juros compostos. Veja:
f | CLX (para limpar a memória)
200.000,00 | CHS | PV
1 | i
12 | n
FV | e então aparecerá R$ 225.365,01

Só que quando chegou esse prazo para quitar a dívida, a pessoa só amortizou 50.000,00, então o saldo devedor em 31/05/2013 será:
Saldo devedor = 225.365,01 – 50.000,00
Saldo devedor = R$ 175.365,01

De 31/05/2013 até 31/05/2016 são 3 anos, ou melhor, 36 meses, onde o juiz solicitou o cálculo de 1% de juros simples ao mês sobre o saldo da dívida que havia ficado. Então teremos um novo montante em 31/05/2016:
FV = PV x (1+ i x n)
FV = 175.365,01 x (1 + 0,01 x 36)
FV = 175.365,01 x (1,36)
FV = R$ 238.496,41

Na HP12C, os juros simples será assim:
f | CLX
0,01 | enter
36 | x
1 | +
175.365,01 | x
Então aparecerá R$ 238.496,41

Contudo, em 31/05/2016 foi amortizado R$ 60.000,00, portanto o saldo devedor será:
Saldo devedor = 238.496,41 – 60.000,00
Saldo devedor = R$ 178.496,41

Gabarito: “B”

Acesse outras questões resolvidas no link abaixo:

Deus abençoe!
Muito sucesso!
Profª Yasmin

Um comentário: