terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Questão 32 – CRC 02/2016 – Prova Bacharel – Controladoria

Uma Indústria estimou que no ano de 2017 irá comercializar 200.000 unidades de um único tipo de produto e, para fins de Planejamento Estratégico, necessita elaborar seu Orçamento de Vendas.

A área de Controladoria precisou apresentar, em 14.10.2016, o Orçamento de Vendas para o 1º. trimestre de 2017 e determinou as seguintes estimativas:
Para efeitos de projeção do Orçamento de Vendas, a área de Controladoria considerou as seguintes informações adicionais:
  • Preço de venda unitário: R$30,00
  • Tributos incidentes sobre as vendas: 20%
  • Previsão de devolução de vendas: 5% ao mês
  • Os tributos serão calculados sobre as vendas e devoluções de vendas 

Considerando-se apenas os dados apresentados e de acordo com o Orçamento de Vendas, a Receita Líquida prevista para o 1º. trimestre de 2017 é de:

a) R$2.100.000,00.
b) R$1.680.000,00.
c) R$1.596.000,00.
d) R$1.575.000,00.

Passo-a-passo da resolução em texto:

1º) O que a questão pede?
A Receita Líquida prevista para o 1º trimestre de 2017.

2º) Qual estratégia vamos usar para resolver?
Essa questão também é simples e exige do candidato mais atenção durante a leitura do que o conhecimento técnico propriamente dito.

Antes de começar, vamos ter em mente duas coisas. A primeira é que essas informações estão sendo geradas pela área de Controladoria, ou seja, terão objetivos gerenciais. A segunda coisa é que “Os tributos serão calculados sobre as vendas E devoluções de vendas”.

Esse segundo ponto é essencial que seja levado em consideração para se chegar na resposta correta. Feitas essas considerações, vamos primeiro começar calculando a Receita Bruta de cada mês e para isso, multiplicaremos a quantidade estimada de produtos comercializados no ano pelo preço de venda, então teremos:

200.000 (unidades) * 30,00 (preço) = 6.000.000,00

Não se esqueça que esse valor é a Receita Bruta estimada para o ano todo.
Para saber o valor mensal, vamos utilizar os valores fornecidos pelo exercício, então teremos:

Jan à 6.000.000,00 x      10% = 600.000,00
Fev à 6.000.000,00 x 5% = 300.000,00
Mar à 6.000.000,00 x 20% = 1.200.000,00
Receita Bruta do Trimestre = 2.100.000,00

A segunda coisa a ser feita é calcular a quantidade de devoluções. Aqui tanto faz fazer o cálculo por mês, ou pelo total do trimestre, pois como a porcentagem de devolução é a mesma para todos os meses, não terá diferença a forma como você irá calcular. Então:

2.100.000,00 * 5% (devoluções) = 105.000,00

Agora chegamos ao ponto chave da questão e que derrubou muita gente. Lembram-se que eu falei que quem está gerando essa informação é a área de Controladoria? Pois bem, nesse momento não podemos calcular os impostos da mesma forma que fazemos na DRE, se fizermos isso, chegaremos ao resultado errado.

Então, primeiro vamos subtrair as devoluções da Receita Bruta do Trimestre:
2.100.000,00 – 105.000,00 = 1.995.000,00

É sobre esse valor que iremos calcular os 20% de impostos, então teremos.
1.995.000,00 * 20% = 399.000,00

Para chegarmos à Receita Líquida, faremos:
1.995.000,00 – 399.000,00 = 1.596.000,00

Gabarito: “C”

Resolução elaborada pelo colaborador Thiago Chaim.

Acesse outras questões resolvidas no link abaixo:

Deus abençoe!
Muito sucesso!
Profª Yasmin

18 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde! Veja bem, na questão diz que a previsão de devolução de vendas é 5% ao mês. E um trimestre tem 3 meses. Não entendi pq vc calculou apenas 5%. E tb não entendi pq mandou ter atenção na parte que diz que os tributos serão calculados sobre as vendas e devoluções de vendas. Essa afirmação não quer dizer que seria sobre os dois?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Porque se vc fizer por cada mes ficara igual. 600 mil *5%= 30 mil; 300 mil * 5% = 15 mil; 1200 mil * 5% = 60 mil, somando será 105 mil. A mesma coisa se fizer de uma vez 2100 mil *5%= 105 mil.

      Excluir
    2. Olá Carolina. Vamos por partes.
      Sobre as devoluções, o exercício diz que em cada mês a devolução das vendas é de 5%, ou seja, sobre o total vendido em janeiro, haverá devolução de 5%; sobre o total vendido em fevereiro, haverá devolução de 5% e sobre o total vendido em março, haverá devolução de 5%.
      Pensando assim, tanto faz você subtrair 5% do valor de cada mês ou se somar os 3 meses e subtrair 5%, você chegará no mesmo valor.

      Quanto à parte de que os tributos são calculados sobre as vendas e as devoluções de vendas, significa que se a venda foi devolvida, logo você não teve receita. E não tendo receita, você não calcula imposto.
      Por isso, pegamos o valor da receita bruta e deduzimos do valor das devoluções, assim os tributos serão calculados sobre o que foi efetivamente vendido.

      Espero ter esclarecido suas dúvidas.
      Um abraço.

      Excluir
  3. vrdd carolina, nesse caso seria 15% ao invez de 5% rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marcos, na verdade não, pois não se trata de juros e por isso esse valor não se acumula.
      É apenas uma estimativa de quanto vai ser devolvido em cada mês.

      Um abraço.

      Excluir
  4. Na questão diz que os tributos serao sobre as vendas e as devoluções. Pq tiraste as devoluções para depois fazer os 20% de tributos ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fabrício. Pois dessa forma só iremos calcular os tributos sobre o que foi efetivamente vendido.
      Se houve devolução de venda, significa que não teve e receita e logo não há tributos a calcular.

      Excluir
  5. Eu tbm interpretei dá mesma maneira imposto sobre devolução e vendas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O exercício está deixando claro que para calcularmos os tributos devemos considerar tanto as vendas quanto as devoluções das vendas.

      Imaginem que vc vendeu 2 bonecas no valor de 10,00 cada uma. Uma das bonecas foi devolvida e por isso, você também devolveu o valor que recebeu.
      Logo, 20,00 - 10,00 = 10,00
      Seu faturamento foi de 10,00 e não faz sentido você pagar tributos sobre 20,00, sendo que recebeu só 10.

      Espero ter ajudado. Um abraço

      Excluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Eu tirei 20% dos 2.100.000 total e depois tirei os 5% da devolucoes, e ficou 1.575.000, pq ele fala que os impostos incidem sobre as devolucoes tb.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Diego, Perceba que o exercício não fala que os impostos incidem sobre as devoluções, mas que tanto as vendas quanto as devoluções das vendas devem ser levadas em consideração para se calcular o valor dos tributos.

      Por isso logo no início da resolução mencionei que a interpretação de texto dessa questão era mais importante do que conhecimento técnico.
      Tinha que estar muito atento pra não cair nessa pegadinha.

      Espero ter ajudado. Um abraço.

      Excluir
  8. Errei feliz.
    Up.Fabricio Sanches!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O importante é tentar entender o que te fez errar. Um abraço.

      Excluir