quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Questão 29 – CRC 02/2016 – Prova Bacharel – Contabilidade Gerencial

Uma Sociedade Empresária apresentou, em 30.6.2016, os seguintes dados retirados do seu Balancete de Verificação e a fórmula de Liquidez Geral:
(clique na imagem para ampliar)
Considerando-se apenas os dados apresentados, é CORRETO afirmar que o Índice de Liquidez Geral é de, aproximadamente:

a) 0,96.
b) 2,25.
c) 5,53.
d) 6,29.

Passo-a-passo da resolução em texto:

1º) O que a questão pede?
Assinalar o Índice de Liquidez Geral corretamente.

2º) Qual estratégia vamos usar para resolver?
Para resolver essa questão, bastava classificar as contas apresentadas. O exercício foi “bonzinho” e ainda nos deu a fórmula de liquidez geral.

Então, vamos classificar as contas apresentadas, já organizando as de Ativo, Passivo e PL.

Vocês perceberão que vamos apenas somar os valores das contas que pertencem ao grupo do Ativo Circulante (AC) e do grupo do Ativo Não Circulante vamos somar apenas do subgrupo Realizável a Longo Prazo (RLP). A conta de Imobilizado não vai entrar no cálculo. Percebam, também, que a fórmula restringe o uso das contas do Passivo Circulante (PC) e Passivo Não Circulante (PNC), ou seja, as contas do Patrimônio Líquido (PL) ficam de fora. 

Bancos Conta Movimento
AC
192.000,00
Estoques – CP
AC
576.000,00
Duplicatas a Receber – CP
AC
144.000,00
Duplicatas a Receber – LP
ANC – RLP
460.800,00
Empréstimos Concedidos – LP
ANC – RLP
307.200,00
Terrenos de Uso
ANC – Imobilizado
-






Fornecedores
PC
112.000,00
Duplicatas Descontadas – CP
PC
32.000,00
Empréstimos Obtidos – CP
PC
160.000,00



Capital Subscrito
PL
-

Então somando as contas de AC + ANC (RLP) = 1.680.000,00
E somando as contas do PC + PNC = 304.000,00

Agora, vamos aplicar esses números à fórmula apresentada:
1.680.000,00 / 304.000,00 = 5,53

Gabarito: “C”

Resolução elaborada pelo colaborador Thiago Chaim.

Acesse outras questões resolvidas no link abaixo:

Deus abençoe!
Muito sucesso!
Profª Yasmin

7 comentários:

  1. Boa tarde, Thiago e Yasmim


    Gente estou passando só para agradecer a vocês pelas questões resolvidas estão me ajudando muito, sucesso que Deus abençõe vocês.

    ResponderExcluir
  2. estou estudando está sendo uma benção

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde

    Gostaria de saber porque duplicatas descontadas foi somada? Ela não é conta credora do passivo? Obrigada :)

    ResponderExcluir
  4. Também não entendi esta questão das duplicatas descontadas, afinal ela só é considerada no passivo no fina do balanço, em 31/12/aaaa, pq então no meio do ano foi considerada PC? Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Questionamento - A duplicata descontada deve ser contabilizada em conta retificadora do ativo ou em conta do passivo?

      Resposta - As empresas que detém duplicatas a receber de seus clientes podem receber esses valores antecipadamente. Nessa operação, chamada de desconto de duplicata, a empresa não transfere o risco do sacado não honrar sua dívida. Logo, o título continua registrado como ativo circulante ou não circulante da empresa, conforme previsto no item 29 da NBC TG 38, aprovada pela Resolução CFC nº 1.196/09.

      Em essência, a empresa está tomando um empréstimo oferecendo a duplicata como garantia. O valor recebido pelo adiantamento (empréstimo) deve ser contabilizado como passivo circulante ou não circulante e os encargos cobrados pelo banco devem ser reconhecidos como despesa financeira.

      http://portalcfc.org.br/coordenadorias/camara_tecnica/faq/faq.php?id=2040

      Excluir
  5. Boa tarde Yasmin e Thiago.
    O trabalho de vocês têm me ajudado bastante no aprendizado e estudo para a prova do CFC.

    ResponderExcluir
  6. Estou com dúvidas na conta Duplicatas Descontadas. Poderiam explicar melhor?

    ResponderExcluir