terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Questão 27 – CRC 02/2016 – Prova Bacharel – Contabilidade Aplicada ao Setor Público

De acordo com o Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público – MCASP, os estoques são ativos na forma de materiais ou suprimentos a serem usados no processo de produção, ou na forma de materiais ou suprimentos a serem usados ou distribuídos na prestação de serviços, ou mantidos para a venda ou distribuição no curso normal das operações ou ainda usados no curso normal das operações.

Os estoques são mensurados ou avaliados com base no valor de aquisição/produção/construção ou valor realizável líquido, dos dois o menor.

Os gastos de distribuição e de administração geral relacionados ao estoque são considerados como Variações Patrimoniais Diminutivas – VPD do período em que ocorrerem e não como custo dos estoques.

De acordo com o exposto, assinale o item que apresenta um exemplo que NÃO é reconhecido como Variação Patrimonial Diminutiva – VPD do período em que é realizado.

a) Quantias anormais de materiais desperdiçados, de mão de obra ou de outros custos de produção.
b) Custos de armazenamento, a menos que sejam necessários no processo de produção antes de uma nova fase de produção.
c) Despesas gerais administrativas que não contribuam para colocar os estoques no seu local e na sua condição atual.
d) Custo incorrido com transporte de matéria-prima para utilização no processo de produção.

Passo-a-passo da resolução em texto:

1º) O que a questão pede?
Assinalar o item que apresenta um exemplo que NÃO é reconhecido como Variação Patrimonial Diminutiva – VPD.

2º) Qual estratégia vamos usar para resolver?
Essa questão é, na verdade, tranquila de resolver. O que complica um pouco são os termos da Contabilidade Aplicada ao Setor Público que são diferentes dos termos que usamos para a Contabilidade do Setor Privado.

De acordo com o MCASP (Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público):
“As variações patrimoniais aumentativas e diminutivas são transações que promovem alterações nos elementos patrimoniais da entidade do setor público e que afetam o resultado. Essas variações patrimoniais podem ser definidas como:
a. Variações Patrimoniais Aumentativas (VPA): corresponde a aumentos na situação patrimonial líquida da entidade não oriundos de contribuições dos proprietários;
b. Variações Patrimoniais Diminutivas (VPD): corresponde a diminuições na situação patrimonial líquida da entidade não oriundas de distribuições aos proprietários.
Para fins deste Manual, a receita sob o enfoque patrimonial será denominada de variação
patrimonial aumentativa (VPA) e a despesa sob o enfoque patrimonial será denominada de variação patrimonial diminutiva (VPD).”

Logo, quando o exercício mencionar Variação Patrimonial Diminutiva, imagine uma conta de Despesa (conta de Resultado).

Então, traduzindo a questão, ela está pedindo a única alternativa que não é lançado na despesa. Vamos analisar?

A alternativa “A” está INCORRETA, pois as quantias anormais devem ser reconhecidas como despesa, ou nesse caso, como VPD.

A alternativa “B” está INCORRETA, pois os gastos com armazenamento é uma despesa (ou melhor: VPD). Só vai integrar como custo caso seja verificada a necessidade de armazenamento antes do processo de produção iniciar.

A alternativa “C” está INCORRETA, pois as despesas administrativas gerais são despesas, está inclusive no enunciado do exercício e para que não se tenha dúvida, a alternativa ainda informa que essas despesas não contribuem para colocar os estoques no local e condições atuais.

A alternativa “D” está CORRETA, pois o gasto com transporte para trazer a matéria-prima para ser utilizada na produção é reconhecido como custo.

Gabarito: “D”

Resolução elaborada pelo colaborador Thiago Chaim.

Acesse outras questões resolvidas no link abaixo:

Deus abençoe!
Muito sucesso!
Profª Yasmin

Nenhum comentário:

Postar um comentário