segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Questão 01 - CRC 02/2016 - Prova de Bacharel – Contabilidade Geral

Uma Sociedade Empresária, no seu Balanço Patrimonial em 1º.1.2015, possui dois terrenos, “A” e “B”, no valor contábil de R$38.400,00 e R$64.000,00, respectivamente.

Em 31.12.2015, diante de um indicativo de perda, realizou testes de recuperabilidade que lhe proporcionaram as seguintes conclusões:

  • Se o terreno “A” fosse vendido, obter-se-ia um valor líquido das despesas de venda de R$48.000,00 e, pelo uso, poderia gerar benefícios econômicos no valor de R$32.000,00.
  • Se o terreno “B” fosse vendido, obter-se-ia um valor líquido das despesas de venda de R$57.600,00 e, pelo uso, poderia gerar benefícios econômicos no valor de R$51.200,00.

O Ativo Imobilizado dessa Sociedade Empresária é composto apenas por essas duas Unidades Geradoras de Caixa.

Considerando-se os dados apresentados e a NBC TG 01 (R3) – REDUÇÃO AO VALOR RECUPERÁVEL DE ATIVOS, o Valor Contábil do Ativo Imobilizado a ser apresentado no Balanço Patrimonial em 31.12.2015 é de:

a) R$83.200,00.
b) R$96.000,00.
c) R$102.400,00.
d) R$105.600,00.

Passo-a-passo da resolução em texto:


1º) O que a questão pede?
Pede-se o Valor Contábil do Ativo Imobilizado, considerando o valor recuperável do ativo afim de analisarmos possíveis perdas por desvalorização. De acordo com a NBC TG 01, “o ativo está desvalorizado quando seu valor contábil excede seu valor recuperável”.

2º) Qual estratégia vamos usar para resolver?
Para ficar mais claro, para analisarmos se o ativo está desvalorizado ou não, temos que nos fazer a seguinte pergunta: Se fôssemos vender esses terrenos hoje (ou em 31/12/2015 como está na questão) por quanto conseguiríamos vender? Ou por quanto conseguiríamos recuperar? Com isso, precisamos inicialmente achar o valor recuperável, que será a nossa base de comparação.

a) De acordo com a NBC TG 01, “o valor recuperável de um ativo é o maior montante entre o seu valor justo líquido de despesa de venda e o seu valor em uso”. Logo, nós vemos que o valor líquido das vendas é maior que o valor em uso:


Valor Líquido
Valor em Uso
Terreno A
      48.000,00
      32.000,00
Terreno B
      57.600,00
      51.200,00

Ou seja, nós temos esses dois critérios para analisar o valor recuperável de um ativo e se eu vou comparar o ativo que tenho com esses valores de mercado, logo devemos utilizar o maior valor. Comparando o valor líquido de vendas e o valor em uso (benefícios econômicos) vemos que o valor líquido nos traz o maior valor, e são esses valores de devemos comparar com o saldo contábil do balanço.

b) Finalmente, basta agora compararmos o valor contábil que está registrado no balanço da empresa e verificar se houve ou não desvalorização em relação ao valor líquido de venda. Vejamos:

Balanço
Valor Líquido
Terreno A
     38.400,00
     48.000,00
Terreno B
     64.000,00
     57.600,00


Ao analisar o Terreno A, vemos que o valor contábil está menor que o valor de venda, ou seja, se fossemos vendê-lo, teríamos um ganho. Então, o saldo contábil deve continuar R$ 38.400,00.

Já no caso do Terreno B, percebemos que houve uma desvalorização, pois o saldo contábil está maior que o valor de venda. Logo, temos que reconhecer a perda e deixar o saldo contábil do Terreno B de R$ 57.600,00.

c) Com isso, basta somarmos os saldos contábeis dos terrenos para chegarmos no Valor Contábil do Ativo Imobilizado em 31/12/2015:

Terreno A
     38.400,00
Terreno B
     57.600,00
Total
    96.000,00

Gabarito: “B”

Acesse e leia a NBC TG 01 – Redução ao Valor Recuperável na íntegra, clicando no link: NBCTG 01.

Acesse outras questões resolvidas no link abaixo:

Deus abençoe!
Muito sucesso!
Profª Yasmin

14 comentários:

  1. Nossa essa questão eu sofri, muito obrigada pela explicação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que esclareceu Julie! Bons estudos! =D

      Excluir
  2. Explicou super detalhado.. obrigada =)

    ResponderExcluir
  3. Nossa explicação maravilhosa , fiz de jeito tão complicado, adorei sua clareza. bjs

    ResponderExcluir
  4. Professora Deus Abençoe.
    Parabéns pelo material

    ResponderExcluir
  5. Nossa! estava quebrando a cabeça com essa questão. E com essa explicação parece tão simples!
    Obrigada!!!

    ResponderExcluir
  6. MISERICÓRDIA DE MIM Senhor. Vou passar pra Questão 2 - Não estou nem conseguindo raciocinar.:(

    ResponderExcluir
  7. Eu entendi, muito obrigada pela explicação otima.

    ResponderExcluir