sábado, 28 de fevereiro de 2015

Questão 37 - CRC 02/2014 - Prova de Técnico

Um profissional da Contabilidade “A” foi contratado para a execução de um trabalho contábil especializado. Por ser um trabalho extenso, o profissional “A” repassou uma grande parte dos serviços para um profissional “B” de reconhecida competência na mesma especialidade. No ano seguinte, em virtude de um problema relevante ocorrido no trabalho realizado, o cliente cobrou a responsabilidade do profissional “A”.
Porém, esse profissional “A” negou sua responsabilidade, alegando que os trabalhos foram realizados pelo profissional “B”, que elaborou e assinou os documentos.

De acordo com o Código de Ética Profissional do Contador, a atitude do profissional “A”, contratado pelo cliente, quanto à responsabilidade, foi:

a) correta, pois a responsabilidade é de quem executou o serviço, no caso do profissional “B”.
b) correta, pois há documentos que comprovam que o trabalho foi realizado pelo profissional “B”.
c) incorreta, pois ele não poderia repassar os serviços para o profissional “B”.
d) incorreta, pois, mesmo repassando o trabalho, a responsabilidade técnica continua sendo sua.

Resolução descritiva abaixo:

Que caso interessante esse, não? Rsrsrs
Bom, lá no nosso Código de Ética (Resolução CFC 803/96, com alterações pela Resolução CFC 1.307/10), no seu artigo 7º e parágrafo único, diz o seguinte:

“Art. 7º O Profissional da Contabilidade poderá transferir o contrato de serviços a seu cargo a outro profissional, com a anuência do cliente, sempre por escrito, de acordo com as normas expedidas pelo Conselho Federal de Contabilidade.
(Redação alterada pela Resolução CFC nº 1.307/10)

Parágrafo único. O Profissional da Contabilidade poderá transferir parcialmente a execução dos serviços a seu cargo a outro profissional, mantendo sempre como sua a responsabilidade técnica.
(Redação alterada pela Resolução CFC nº 1.307/10)"

Logo, a atitude foi incorreta, pois mesmo repassando o trabalho, a responsabilidade técnica continua sendo do profissional “A”.
Sendo assim, a alternativa correta é a letra “D”!

Para quem ainda não tem a Resolução CFC nº 803/96, alterada pela Resolução CFC nº 1.307/10, baixe no link:

Fiquem com Deus!
Até mais!
Yasmin

Nenhum comentário:

Postar um comentário